2017-10-26

traição à Igualdade e adultério à Dignidade

cada um fale por si, jametinhasRito ;(

a análise em causa confunde grosseiramente a justa indignação de qualquer pessoa de bem e de boa fé com um suposto "autêntico linchamento" ao juiz relator do malfadado acórdão em questão - se a reprovação geral dos ignóbeis termos da infeliz decisão é um "autêntico linchamento", então o que é agredir alguém usando moca de pregos?

e tenta a desonestidade intelectual de incluir os outros juízes ("quatro bestas") no mesmo saco, mas na realidade o juiz de primeira instância não recorreu aos nefandos arcaísmos do Acórdão da Relação e bem sabemos que os juízes não relatores ainda que adiram à decisão não são os autores do texto do Acórdão

mas o essencial escapa à análise: para aqui não é chamado, qualquer que seja, o comportamento das sociedades ancestrais (trogloditas, neandertais, pré-diluvianos, medievais, do tempo da Inquisição e seus carrascos ou dos algozes do fascismo) perante as vítimas de agressão de uma mulher desarmada

as decisões judiciais devem obedecer à Constituição e às Leis, incluindo os Tratados Internacionais a que Portugal está vinculado, como a Declaração Universal dos Direitos Humanos, e são essas regras jurídicas e os preceitos jus-criminais aplicáveis que devem nortear e fundamentar a aplicação do direito aos factos na construção da decisão judicial - já a convicção pessoal do juiz, eventualmente preconceituoso ou traumatizado, deve submeter-se às regras jurídicas e ao direito em vigor

é óbvio que todos percebem e ninguém confunde o caso do Acórdão, sobre a medida da pena em condenação por violência doméstica cintando a Bíblia, a traição e o adultério, com um "julgamento por adultério" - expressão que apenas se encontra neste artigo defensor dos termos do Acórdão e não consta em nenhuma das censuras aos termos preconceituosos e arcaicos - simplesmente discordam da decisão e repudiam os termos e conceitos ilegalmente invocados

mas falta à análise também uma palavra sobre o problema da subsistência de preconceitos em muitas decisões judiciais, em violação dos Direitos Humanos, do Princípio da Igualdade e da Equidade de Género, bem como quanto à necessidade de superação das desigualdades, sobretudo em matéria de género e em especial quanto à violência contra as mulheres

se não foi a julgamento, o que interessa à justiça do caso o pavoroso entendimento do juiz sobre traição e adultério?

a análise de Rito é um arrazoado indefensável, perigoso e cúmplice do estado calamitoso de impunidade do nacional-marialvismo, na sociedade e em sectores da justiça que o perpetuam  ;(





observações são bem vindas

obrigado ;_)))

2017-09-15

em casa de Medina

 1 - a venda de um apartamento é irrelevante, a menos que o negócio seja ruinoso ou usurário, pois oscilações de valor e oportunidades de preço acontecem frequentemente; em todo o caso, afirma-se que houve obras de beneficiação, o que é relevante para refutar completamente eventuais insinuações, aliás impertinentes

2 - a compra de um apartamento por uma valor moderado mas dentro da variação habitual na zona e face ao tempo decorrido após a aquisição pelo titular anterior, é também irrelevante, pois oscilações de valor e oportunidades de preço acontecem frequentemente, contexto em que podem surgir oportunidades a aproveitar, compreensivelmente
 

3 - mas a quem desempenha funções públicas, gerindo o dinheiro alheio e com obrigação de prestar contas, não basta ser sério, é também preciso parecer sério, diligente e prudente pois a um presidente de Câmara não fica bem dizer que não sabia a identidade do vendedor... sob pena de ter de ouvir perguntas inconvenientes ou comentários desagradáveis - e se estiver a negociar com um adversário político? ou um banqueiro fraudulento? ou a alguém suspeito de lavagem de dinheiro, branqueamento de capitais, corrupção, extorsão, financiamento ilegal de partidos, empresas concessionárias ou fornecedoras do ente público em questão, etc? devia saber, sim, inteirar-se escrupulosamente e agir em conformidade e com as devidas cautelas
 

4 - segundo consta, o prédio novo tem uma vizinhança catita, da elite partidária e da comunicação social
 

5 - a adjudicação directa é má prática, a evitar ;(


 

6 - a publicação em cima das eleições parece pouco ética, mas tal não deve obstar aos jornalistas que pretendem investigar para escrutínio público e, em boa mas triste verdade, nem tal se espera dos jornais e das empresas de comunicação social, que não são eleitas, não sorvem o erário público e nem têm de prestar contas, para além dos deveres deontológicos, do estilo ou dos objectivos de audiência e, se for o caso, do respeito devido aos leitores, ouvintes e telespectadores ou ao público em geral - não sendo o caso, fica explicada a oportunidade e a conjugação do que é relevante com o irrelevante



observações são bem vindas, obrigado ;_)))

2017-07-06

Plantar placas


Mão amiga e observação aguda oferecem um jametinhasplacaDito no jogo entre a política e a promoção da natureza: placa 1 - árvore 0




Portsmouth, EUA:  a árvore já era mas a placa subsiste vigorosamente



observações são bem vindas , obrigado ;_)))

2017-07-01


«Meus Senhores, como todos sabem, há diversas modalidades de Estado. Os Estados sociais, os corporativos e o estado a que chegámos. Ora, nesta noite solene, vamos acabar com o estado a que chegámos! De maneira que, quem quiser vir comigo, vamos para Lisboa e acabamos com isto. Quem for voluntário, sai e forma. Quem não quiser sair, fica aqui!» - jametinhaDito Salgueiro Maia, português, militar, 29 anos de idade

todos saíram e acto contínuo, mudou o estado a que aquilo chegou

alguém deveria estudar rapidamente os apontamentos dele, que hoje faria 73 anos


observações são bem vindas, obrigado ;_)))

2017-06-26

Ditosa a Oeste





entre viagem e viagem
rente às entrelinhas
jus ao horizonte
à espera escondente
na esfera defronte
meneio ao vento
desfere o voo e...
voou
numa só asa motriz
suspenso o corpo-fátuo
em amena contemplação
alimenta o suster
sobrevoa o parecer
pousa no ar
volta a ser?
é
 


observações são bem vindas, obrigado ;_)))

2016-12-04

jardim





  assim

amanheceja                                     
ainda amanhece, temperado o sono
mas o Outono já sonha Invernos, acordado

goteja
gota a gota, o dia a clarear desperta sonhos
de infinito, encantos de sereia e beira mar   

dentreja
corre, água adentro, cardíaco jardim
rito universal, pura e simples mente


outreja
outro apelo, a maresia, abrigo e redenção
outra, a vida, alpendorada em antemão

floreja
viço a viço, as flores avisam em redor
abrigam vida, exalam cor, gritam sim

  seja




observações são bem vindas, obrigado ;_)))